Comissão de vereadores se reúne com delegado da PC

  • 12 de julho de 2018

A Comissão Especial instituída pela Câmara Municipal para acompanhar as investigações da Polícia Civil (PC) sobre o desaparecimento do assessor parlamentar Edmilson Fernandes, de 43 anos, se reuniu com o delegado Luciano Cunha, chefe da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP). O encontro aconteceu no fim da tarde desta terça-feira (10/07).  De acordo com o presidente da Comissão, o vereador Betinho Detetive, o inquérito que investiga o caso foi remetido à justiça com quatro pessoas presas e indiciadas por crime de homicídio.
“No entanto, a Polícia Civil ainda investiga a motivação do crime. No curso das investigações várias provas foram apuradas. Para identificar os autores, a PC fez um cruzamento das ligações telefônicas dos envolvidos”, disse o vereador Betinho Detetive, presidente da Comissão Especial que parabenizou o empenho do delegado e da equipe de investigadores da DHPP.  “Nesse encontro a Comissão colocou a Câmara à disposição da delegacia no que for possível para ajudar nesse caso. Nos próximos dias, vamos nos reunir com a família da vítima”, ressaltou Betinho Detetive.
Edmilson Fernandes desapareceu na noite do último dia 3 de maço, quando saiu de casa para atender a um pedido de entrega de gás. A moto usada pela vítima foi encontrada por um pescador em uma lagoa, próximo à BR-116. As investigações apontaram que quatro pessoas estariam envolvidas no crime, entre elas uma mulher de 26 anos que conseguiu o benefício da prisão domiciliar.

Além do vereador Betinho Detetive, participaram da reunião na sede da PC os vereadores Waldecy Barcellos, Pastor Elias, Rildo do Hospital, Marcion da Fusobras e Juninho da Farmácia.