Descarte de medicamento domiciliar pode ser regularizado em Valadares 

Proposta tramita nas comissões permanentes da Câmara Municipal, entre elas a Comissão de Turismo e Meio Ambiente

Uma iniciativa inédita do vereador Juninho da Farmácia (PDT) pode normatizar o descarte domiciliar de medicamentos vencidos e perfuro cortantes como seringas, agulhas e ampolas em Governador Valadares. O projeto de Lei 092/2017 foi apresentado durante reunião ordinária deste mês de julho e agora vai tramitar nas comissões permanentes da Casa, entre elas a Comissão de Turismo e Meio Ambiente.
De acordo com o Projeto de Lei, o sistema de coletas será realizado por meio de parceria entre farmácias e drogarias. Os estabelecimentos que aderirem ao sistema deverão receber o descarte em recipientes apropriados.  “Essa proposta tem como finalidade incentivar e estimular o cidadão quanto à preservação ambiental. O destino correto de medicamentos vencidos é algo que precisa ser pensado e assumido por todos”, disse Juninho da Farmácia. O vereador  justificou ainda que o descarte da forma como está sendo proposto, vinculando o estabelecimento que comercializa os medicamentos, é uma forma simples e eficiente de direcionar a coleta, pois o consumidor tem ligação direta com o estabelecimento. “Isso é possível realizar sem  aumentar as despesas do Poder Executivo”, observou.
Ainda conforme Juninho da Farmácia, a coleta dos produtos a serem descartados será em conformidade com os recolhimentos já executados pelas empresas contratadas pelas Farmácias e Drogarias, segundo resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) .