Situação do albergue de Valadares é debatida na Câmara Municipal

  • 29 de novembro de 2017

Representantes dos poderes Legislativo, Executivo, Ministério Público, Polícia Militar e da comunidade definiram, na tarde desta segunda feira (28/11), durante Audiência Pública na Câmara Municipal, as primeiras ações para melhorar o atendimento prestado pelo Serviço de Acolhimento para Adultos e Famílias em Valadares.  A instituição, localizada no bairro JK1, tem capacidade para receber até 50 pessoas em situação de rua e desabrigo por abandono, migração e ausência de residência ou pessoas em trânsito e sem condições de se sustentarem.

Audiência Publica aconteceu no Plenário da Câmara

De acordo com o presidente da Câmara Municipal, o vereador Paulinho Costa, autor do requerimento que originou a reunião, de imediato o Legislativo vai encaminhar à Secretaria Municipal de Obras e Serviços Urbanos, pedido de limpeza e iluminação do entorno do abrigo.  A lista dos albergados terá que ser repassados à Polícia Miliar para controle da população que utiliza os serviços de acolhimento. “Também estamos fazendo encaminhamento para que seja providenciado um local adequado para a instalação do abrigo”, disse Paulinho Costa, que durante audiência apresentou fotos do entorno do imóvel onde funciona o Serviço de Acolhimento para Adultos e Famílias em Valadares.

Segundo a Polícia Militar, na região onde está localizado o abrigo, são registrados diariamente altos índices de ocorrências relacionadas ao uso e tráfico de drogas, furtos. O secretário Municipal de Assistência Social Heldo Armond e a gerente do Serviço de Acolhimento para Adultos e Famílias em Valadares Maricléia Lourenço, participaram da reunião.