Vereador apresenta projeto que visa evitar acidentes por sucção em piscinas

Proposta já tramita nas comissões permanentes do legislativo e se receber parecer favorável, será levada para votação em Plenário

Um projeto de Lei (PL), assinado pelo vereador Ênes Cândido (PMDB), pretende garantir mais segurança a banhistas nas áreas de piscinas em Governador Valadares e evitar acidentes e afogamento por sucção. A iniciativa foi lida em plenário durante a primeira reunião ordinária do mês de setembro e já tramita nas comissões permanentes da Casa. Se receber parecer favorável, a proposição será votada pelos vereadores.
Na justificativa ao apresentar o PL, Ênes Cândido argumentou que o objetivo inicial é prevenir e oferecer segurança para os usuários de piscinas públicas e privadas com a instalação de um dispositivo de segurança.  “O equipamento, previsto na proposta de Legislação, fará com que o funcionamento da motobomba das piscinas seja interrompido todo vez que houver casos de obstrução por sucção de drenos, acidentes e outras ocorrências que coloquem em risco os banhistas”, disse o vereador.

Em julho deste ano, na cidade de Balneário de Camboriú, litoral de Santa Catarina, uma menina de sete anos morreu afogada depois de ficar presa debaixo d água quando o cabelo foi sugado pelo ralo da piscina onde brincava. Há três anos, em Belo Horizonte, uma menina de oito anos morreu afogada depois de ser sugada pelo ralo de uma piscina de um clube na Região da Pampulha. Na época, o Ministério Público ofereceu denúncia contra os proprietários do estabelecimento.